Higiene íntima feminina e masculina

Desde o lançamento oficial de Puzzy by Anitta, um grande mito tem circulado: a relação entre Puzzy e a higiene íntima. De antemão, é importante deixar claro que essa deliciosa deo colônia íntima não foi desenvolvida para substituir ou mascarar a higiene ou a falta dela, muito pelo contrário, Puzzy by Anitta veio para trazer mais confiança, liberdade e empoderamento a qualquer hora do dia. Ou seja, para dar aquele toque especial e levantar a sua autoconfiança em todos os momentos do dia e idependetemente do sexo.

 Além disso, mesmo com aparente boa relação do brasileiro com os seus corpos, a quem fique vermelho só de ouvir a palavra pênis e vagina. Ainda há muitos tabus que circulam o tema, ultrapassando o limite entre a vida sexual e chegando até a higiene íntima. Por isso, decidimos trazer esse assunto tão importante que envolve a nossa saúde e bem-estar. Vamos quebrar esse tabu?

A higiene íntima feminina

Antes de imaginar um horror dentro das calcinhas, é importante entender que há quem peque pelo excesso e pela falta de higiene. As mulheres são extremamente ativas, muitas saem de casa cedo e voltam tarde, passando o dia inteiro sem a higiene íntima adequada.

Porém, antes de tudo, a mulherada precisa entender que vagina tem cheiro de vagina, não de flores e rosas - esse é o seu cheiro natural, nada impede de, estando saudável e com a higiene em dia, dar um toque especial utilizando um perfume íntimo.

Infelizmente, a nossa cultura acredita que essa parte íntima precisa ser seca, sem corrimentos, pelos e sem qualquer tipo de cheiro. Mas a verdade é que essa é uma desinformação.

É essencial ter conhecimento das particularidades do seu corpo para, depois, conseguir identificar com clareza o que faz parte de uma anormalidade ou não. Por exemplo, com a chegada da menstruação, é natural que o canal vaginal libere mais secreções. Pelos também vão crescer e, como consequência, o suor também virá. O resultado? Um odor natural da região.

Corrimento vaginal

O corrimento vaginal é um assunto que gera muitas dúvidas. Mas calma, não é um bicho de sete cabeças!

O corrimento é sim normal e natural! Mas atenção: ele deve ser incolor ou levemente branco ou amarelado. Além disso, ele não terá odor. Sobre sua textura, ele pode ser mais líquido ou viscoso, tudo dependerá do seu ciclo hormonal.

Mas e se eu achar que o odor e a cor estão anormais? Simples: busque um médico especialista. Nunca fique no "achismo" ou tentando resolver o “problema” lavando sua vagina internamente mil vezes ao dia. Saiba que limpar em excesso pode alterar a sua flora vaginal, eliminando as bactérias do bem, que protegem e defendem a sua parte íntima.

Higienizar por dentro e por fora? 

A higiene íntima feminina deve ser feita apenas na parte externa! Logo, nunca tente limpar a parte interna da vagina, a limpeza é sempre na pele da vulva.

Ducha vaginal pode?

Duchas vaginais são fortemente desaconselhadas! Por mais que ofereçam certa dose de frescor e refrescância, esse tipo de limpeza também altera o seu equilíbrio íntimo. Você pode até chegar a perder sua barreira de proteção, deixando um baita caminho aberto para infecções. 

Depilação íntima e higiene

Não há problemas na depilação íntima, seja ela completa ou não. Inclusive, é até recomendado aparar os pelos para facilitar a higienização. Isso porque, quando estão mais curtos, a limpeza é mais fácil e simples.

Sabonete íntimo

O sabonete íntimo mais adequado é aquele que não altera o seu pH da região ou, no mínimo, o mantém o mais próximo possível do natural - ácido. Além disso, sempre opte por aqueles que são testados dermatologicamente, ginecologicamente e que sejam hipoalergênicos.

Menstruação

É natural que durante a menstruação as mulheres tomem mais banhos do que o normal - e tudo bem! Porém, a vulva deve ser lavada com sabonete apenas duas vezes ao dia! Se tomar mais banhos, utilize apenas água!

Sobre o uso de absorventes, não passe uma eternidade com  eles. O sangue que fica acumulado cria condições para o crescimento de bactérias e fungos. Por isso, troque, no máximo, a cada quatro horas.

Se você utiliza o coletor menstrual, evite que o acessório fique muito sujo seguindo as orientações do fabricante.

Lavar a calcinha no banho: bom ou ruim?

Se você lava a calcinha debaixo do chueveiro, fique tranquila, não precisa parar de fazer isso. O problema aqui é onde e como você a deixa secando. Nunca deixe sua calcinha secar dentro do box ou do banheiro. Isso vai mantê-la úmida por mais tempo, deixando um ambiente propício para as bactérias e fungos. O mais recomendado é deixar secar ao sol.

Higiene íntima masculina  

E os rapazes? O fato de não encontrarem uma variedade tão grande de produtos íntimos não significa que o cuidado deve ser menor!

A higienização íntima masculina mal feita pode trazer consequências, como a candidíase masculina.  Essa doença é uma inflamação na glande, que vai deixar o pênis vermelho e irritado, podendo chegar até à descamação e feridas.

Quando for ao banheiro…

Se muitos homens deixam de lavar a mão após usar o banheiro, quem dirá lavar as mãos antes, não é mesmo? Exatamente isso que você leu: lavar as mãos com água e sabão antes de ir ao banheiro. Pense na quantidade de coisas que pegamos e fazemos… naturalmente entramos em contato com muitas bactérias, fungos e germes. Logo, quando você não lava as mãos, pode contaminar o seu pênis ao tocá-lo.

Como lavar o pênis corretamente?

Para tentar diminuir ao máximo a possibilidade de infecções, na hora de tomar banho puxe a pele do prepúcio e exponha a glande. Dessa forma você conseguirá fazer uma boa e adequada limpeza no pênis. Basta utilizar água e sabonete. 

É essencial retirar toda a secreção esbranquiçada que as glândulas da glande produzem (conhecida como esmegma). Essa secreção causa mau cheiro e torna a região ideal para o surgimento de bactérias e fungos.

Ainda mais, um ponto em que  a maioria dos homens falham é na hora de secar o pênis. Sempre seque muito bem essa região, para que não haja chances para infecções e irritações.

Depilação masculina e higiene

Aparar os pelos da região íntima masculina pode ajudar a diminuir o calor do local. Mas e depilar completamente? Aqui é preciso ter atenção, pois eliminar os pelos aumenta a possibilidade de inflamação. Não precisa evitar completamente, apenas redobre os cuidados!

Qual o melhor tipo de cueca?

As peças de algodão sempre são a melhor opção! Esse tipo de peça deixa a pele respirar, diferente dos sintéticos.

Falando em “respirar”, nunca vista a cueca úmida! Deixe-a secar muito bem, isso vai te poupar irritações.

No verão e em dias mais quentes, o ideal é utilizar roupas mais confortáveis e largas. Quanto mais ventilação, melhor!

Puzzy by Anitta e a região íntima

Ficou claro todos os cuidados que você precisa ter com a sua parte íntima? E o Puzzy, aonde entra em tudo isso? Assim como dissemos no início, a deo colônia íntima não substitui a boa higiene  e limpeza!

Nunca tente mascarar  anormalidades com perfumes ou desodorantes! Por outro lado, se você quer ter um toque especial, inesquecível e único, Puzzy by Anitta é o que você precisa.

O produto é hipoalergênico e não altera a flora vaginal ou o pH da região. Além disso, é testado ginecologicamente e dermatologicamente. Ou seja, não causa nenhum problema se aplicado corretamente na parte externa da parte íntima. 

Revele todo o seu poder com Puzzy by Anitta e viva a liberdade de ser quem você quiser todos os dias!

Voltar para o blog